A Água na Criação de Frangos de Corte

19 setembro 2018

A maioria de nós não percebe a importância da água na produção de aves. No entanto esta representa 50 a 75% do peso corporal do frango.

Frequentemente enfatizamos o importante papel da ração, mas vale a pena considerar se é a coisa mais importante? Afinal de contas, o consumo de água é quase o dobro do de comida durante todo o período de vida.

Durante todo o período de criação, a água deve ser facilmente acessível aos animais. No caso da raça Cobb, deve haver 10 a 15 animais por bebedouro. Para a raça Ross: 10-12 animais para um bebedouro ou 30-35 animais para uma tigela.

A água deve estar limpa, incolor, livre de contaminação microbiológica. Deve ter uma temperatura de cerca de 10-15 graus.

A temperatura não pode ser menor porque as aves usariam a energia necessária para crescer para aquecer o corpo. A água morna, por outro lado, não encorajaria as aves a bebê-la, e seria um óptimo lugar para a multiplicação de microorganismos patogénicos.

Um período especialmente importante é o momento de inserir os pintos quando a temperatura no pavilhão atinge até 36 graus. Devemos sempre verificar se a temperatura da água está correcta.

Devemos enxaguar a linha de bebedouros com água doce imediatamente antes da inserção, mas os alimentadores devem ser preenchidos no último momento antes de serem colocados para não permitir o aquecimento excessivo da água. No entanto, isso não nos livra da monitorização contínua da temperatura da água.

A pressão da água é outro factor importante. Muito grande ou muito pequena fará com que a ave não consiga beber adequadamente de acordo com as suas necessidades.

Uma das maneiras mais fáceis de avaliar a pressão da água nas linhas é controlar a quantidade de água que flui de um bebedouro num minuto. No caso de um frango, deve atingir 40 mililitros por minuto na primeira semana, na segunda - 50 ml/min e nas semanas subsequentes - 60 ml/min, 70 e 90 ml/min.

Manter as linhas das pipetas/bebedouros limpas é muito importante, especialmente quando lidamos com preparações que contaminam a linha de água e os bebedouros. Em seguida, recomenda-se enxaguar as linhas com mais frequência durante o ciclo. Podemos ajudar na remoção de impurezas, fornecendo acidificantes ou agentes de limpeza. Um dos métodos mais fáceis é usar o peróxido de hidrogénio na proporção de 50 ml/1000 litros de água. É uma concentração segura para aves.

Não nos esqueçamos que a água que damos às aves deve estar numa condição que nos permitiria a nós bebê-la. Se cuidarmos da qualidade da água na exploração evitaremos muitos problemas.

Tópicos relacionados: