Canibalismo - Sintomas e Neutralização

19 setembro 2018

Os sintomas do canibalismo são diferentes. Nas galinhas, as penas e até a pele das pernas são as mais comuns. Nos perus observa-se que bicam a cabeça muitas vezes, mas outras vezes bicam músculos ou tripas.

O principal efeito do canibalismo é a diferenciação do bando e frequentes quedas de aves devido a feridas. Isso causa grandes perdas económicas na produção.

Com o canibalismo, geralmente observam-se animais caídos com feridas causadas por bicadas ou mesmo exposição das vísceras. A presença de penas no estômago pode ser observada com menos frequência. A principal maneira de detectar um problema é observar as aves.

Como combater o canibalismo?

Devido às várias causas do canibalismo, devemos agir de forma multidireccional para reduzir o factor de stress.

Pode evitá-lo:
• garantir espaço adequado para as aves, necessário para o fácil acesso a água e ração;
• evitar tempo de inactividade prolongado na alimentação;
• prestar atenção às condições ambientais (temperatura, humidade), ventilação na sala e intensidade da luz (reduza para 5-10 lux);
• pintar janelas em vermelho em pavilhões com janelas e acender a lâmpada vermelha (mesmo que por cerca de 15 horas), porque a cor vermelha acalma as aves;
• administração de preparações vitamínicas para beber.

No entanto, o mais importante é encontrar a causa do problema que está a ocorrer, por isso vale a pena observar as aves com cuidado.

Tópicos relacionados: