De Heus oferece Prémios de Mérito a alunos da Casa Escola Agrícola Campo Verde (S. Pedro de Rates - Póvoa de Varzim)

28 novembro 2021

Em Janeiro de 2020 a De Heus estabeleceu um protocolo de colaboração com a Casa Escola Agrícola Campo Verde. Tendo os alunos do curso de Técnico de Produção Agropecuária a acompanhar os Assistentes Técnicos de Ruminantes da De Heus na visita aos seus clientes e a colaborar na medição das novilhas alimentadas com o Programa de Recria de Novilhas Kaliber.

Em Janeiro de 2020 a De Heus estabeleceu um protocolo de colaboração com a Casa Escola Agrícola Campo Verde, ao abrigo do qual alunos do curso de Técnico de Produção Agropecuária acompanham, de forma regular, os Assistentes Técnicos de Ruminantes da De Heus na visita aos seus clientes e colaboram na medição das novilhas alimentadas com o Programa de Recria de Novilhas Kaliber. Neste âmbito os alunos irão fazer a monitorização do crescimento de novilhas alimentadas com o Programa de Recria Kaliber, da De Heus.

É já o terceiro grupo de alunos que a De Heus irá acompanhar e, esperamos todos que este grupo consiga concretizar os seus objetivos, pois infelizmente no grupo anterior, por culpa da pandemia de Covid-19, as visitas tiveram de ser interrompidas. Com esta colaboração, os alunos, para além de material para os seus trabalhos finais de curso necessários para a sua avaliação curricular e pedagógica têm um primeiro contacto com uma realidade empresarial de uma empresa que aposta no desenvolvimento e investigação das melhores soluções para a produção e têm um contacto privilegiado com todo o processo de construção dessa proposta de valor. Para além disso a interação entre os alunos, os profissionais e os produtores permite-lhes “acelerar” o seu crescimento como pessoas e como futuros profissionais.

Por seu lado a De Heus, com esta colaboração e com os resultados das medições efetuadas pelos alunos, pretende comprovar localmente os resultados de um programa de alimentação utilizado de forma global e desta forma aumentar a sua credibilidade como empresa na vanguarda dos resultados em explorações de vacas de leite.

E foi assim que, ao abrigo do protocolo, o passado dia 10 de Novembro de 2021 os alunos da 43ª Promoção – Técnico de Produção Agropecuária da Casa Escola Agrícola Campo Verde, acompanhados do Diretor da escola, João Nuno Novais, realizaram uma visita de estudo às instalações da De Heus Nutrição Animal, onde viram e aprenderam como funcionam todas as fases e todo o processo produtivo dos alimentos compostos que vão para casa dos produtores.

Já no final da visita os alunos foram surpreendidos com a apresentação oficial dos Prémios de Mérito Escolar que a De Heus se propôs a oferecer aos 3 melhores alunos, indicados pela escola, no final do seu curso. 1º prémio – 300 €; 2º prémio – 200 € e 3ª prémio – 100€.

Assim, para além da iniciativa inicial, que visa incentivar a educação e formação de uma comunidade de alunos inserida numa das principais bacias leiteiras do país e onde a De Heus tem uma forte presença, a De Heus procura levar ainda mais longe o seu apoio e incentivo dando um prémio suplementar aos alunos que mais se esforcem por atingir os melhores resultados académicos.

É convicção da De Heus que ao apoiar a comunidade de jovens estudantes agrícolas na área onde se insere que está a contribuir para o desenvolvimento local do profissionalismo da produção com forte esperança de estar a ajudar e promover um espírito empreendedor e profissional nestes jovens que serão os futuros produtores de leite de amanhã.

De Heus – A trabalhar nas comunidades, com as comunidades e para as comunidades.

Programa de Recria Kaliber


O Programa de Recria Kaliber é um programa alimentar desenvolvido pela De Heus e utilizado a nível global nos diversos países onde a empresa se encontra estabelecida. Procura conseguir os melhores resultados zootécnicos na recria de novilhas de forma a se obterem as melhores vacas leiteiras.

A forma como é efetuada a recria das novilhas influencia diretamente o desempenho das futuras vacas leiteiras. O maneio alimentar das novilhas aporta um volume de trabalho e de custos significativos para uma exploração leiteira. Um programa de recria eficaz permite obter novilhas com estatura adequada, sem gordura acumulada e com a idade ao primeiro parto de 24 meses. Atingindo estes pressupostos as novilhas estarão em condições de exprimir todo o seu potencial genético enquanto vacas leiteiras e aumentar os seus resultados zootécnicos.